Sejam bem vindos

Recados

quinta-feira, 29 de março de 2012

História do Patchwork


História do Patchwork

O patchwork e quilt é um trabalho manual muito antigo. Desde a época do Egípicios antigos já vemos faraós usando roupas de patchwork e quilt desenhados nas paredes das pirâmides.
Na Europa, durante a idade média, roupas de quilts eram feitas de sobras de tecidos para serem usadas como proteção embaixo das armaduras de ferro. Naquela época também eram feitas colchas para aquecimento. O patchwork e quilt na idade média era uma coisa mais utilitária. O patchwork e quilt se espalhou por diversos países da Europa como Inglaterra, Alemanha, França e Itália.
Os peregrinos, colonizadores dos Estados Unidos, que fugiam da Inglaterra devido a perseguição religiosa, levaram este artesanato para o Novo Mundo. Este colonizadores eram muito rígidos e as mulheres eram incentivadas a fazer trabalhos manuais para que o “demônio” não tivesse espaço em suas mentes. Estas mulheres só tinham permissão para sair de casa em duas ocasiões, para ir a igreja ou para ir às reuniões de quilteiras (quilting bees).
Nestas reuniões elas faziam colchas, roupas e cortinas de retalhos de sobras de roupas ou mesmo de roupas velhas, porque não tinham dinheiro nem onde comprar tecidos. Em vez de costurar os retalhos de qualquer jeito as quilteiras pioneiras planejavam e costuravam formando padrões muito artísticos dando vasão às suas ambições, desejos, sentimentos e até mesmo suas posições políticas já que não tinham direito a voto. Naquela época todas as mulheres deveriam fazer 12 quilts antes de se casar (um quilt para cada mês do ano) e só então estariam prontas para casar.
Com a invenção da máquina de costura caseira em 1846, o patchwork e quilt passou a ser feito tanto à máquina quanto à mão. Após a segunda guerra mundial quando diversas mulheres foram trabalhar em indústrias e no comércio, houve um esquecimento do patchwork e quilt.
Na década de 70 houve um ressurgimento do patchwork e quilt, quando foram desenvolvidos diversos acessórios e instrumentos, como réguas e cortadores especiais, que, aliados ao uso da máquina de costura deram mais velocidade ao patchwork e quilt permitindo adaptar este trabalho manual ao ritmo de vida corrido do século 20 e 21. A indústria têxtil também passou a desenvolver estampas e cores especiais para o patchwork e quilt o que tornou infinita a paleta de cores e estampas tornando tecidos em uma espécie de tintas e os quilts em verdadeiras obras de arte. Por isso hoje em dia o patchwork e quilt é considerado mais que um artesanato, é considerado também uma arte.
Existem hoje, nos Estados Unidos, museus e galerias de arte especializadas no Patchwork e Quilt. Durante o Brasil colonial e imperial o patchwork e quilt ficou limitado aos escravos que usavam os retalhos das sobras das roupas de seus senhores assim como roupas velhas para fazer cobertas e roupas. Somente durante a república e com a imigração européia de italianos, alemães e posteriormente ingleses e americanos, o patchwork e quilt passou a ser mais difundido aqui no Brasil. 

Fonte http://www.tecidospatchwork.com.br

HISTÓRIA DO QUILT E DO PATCHWORK
 

O QUE É QUILT E PATCHWORK
O patchwork e o quilt são trabalhos feitos geralmente com retalhos de tecido.
O patchwork consiste em unir retalhos, formando combinações de cores e desenhos.
Os trabalhos de patchwork podem ser desenvolvidos com a utilização de diversas técnicas e, geralmente, utilizam manta acrílica para criar um efeito acolchoado.
Para o arremate dos trabalhos de patchwork, utiliza-se pespontos largos, mais conhecidos como quilt.
O quilt é uma espécie de alinhavo, usado para criar efeitos de relevo nos trabalhos de patchwork ou em acolchoados. O quilt pode ser feito à mão ou com a máquina de costura.
Com algumas técnicas e um pouco de imaginação, é possível criar trabalhos maravilhosos em patchwork e quilt. Você pode fazer colchas, almofadas, painéis, roupas, etc. O patchwork é muito mais que uma arte, é uma terapia.

O SURGIMENTO DO QUILT E PATCHWORK
O patchwork e o quilt são trabalhos manuais muito antigos. As primeiras evidências desse tipo de trabalho são muito antigas, há registros de 3400 A.C.
No Egito antigo, os faraós já utilizavam roupas feitas de sobras de tecidos, para serem usadas sob as armaduras de ferro e colchas.
Na idade média, o patchwork e o quilt se espalharam pela Europa (Inglaterra, Itália, França e Alemanha). Os peregrinos ingleses, que fugiram das perseguições religiosas, trouxeram o patchwork e o quilt para a América.
Nessa época, as mulheres eram obrigadas a fazer trabalhos manuais (para evitar que o "demônio" entrasse em suas mentes) e só podiam sair de casa para ir à igreja ou às reuniões de quilteiras. Com o tempo, essas mulheres passaram a planejar as peças antes de costurar e, assim, o patchwork deixou de ser uma atividade apenas utilitária e passou a ser uma forma de expressão. Todas as mulheres, antes de se casar, deveriam fazer 12 trabalhos (um para cada mês do ano).
A partir de 1846, com a invenção da máquina de costura doméstica, o patchwork e o quilt passaram a ser feitos à mão e à máquina.
Após a 2a. Guerra Mundial, as mulheres começaram a sair de casa e a trabalhar fora. Durante algum tempo, o patchwork e o quilt ficaram esquecidos.
Na década de 70, com o movimento hippie, o artesanato voltou a ter destaque. Desta forma, o quilt e o patchwork ressurgiram com força total.
As máquinas de costura evoluíram, surgiram acessórios especiais para o patchwork e o quilt (réguas, cortadores) e as técnicas foram aperfeiçoadas. A indústria têxtil passou a desenvolver estampas e cores especiais e o patchwork invadiu as coleções de estilistas famosos e as passarelas.
Hoje, o patchwork e o quilt são uma arte, que pode ser aplicada na moda, em casa, onde sua imaginação quiser.
O PATCHWORK NO BRASIL
No Brasil colonial e imperial, o quilt e o patchwork eram atividades limitadas aos escravos, que usavam retalhos das roupas de seus senhores para a confecção de cobertas e roupas. Somente com a chegada dos imigrantes o patchwork começou a ser mais difundido.
Hoje, há muitas escolas que ensinam as técnicas e o patchwork é um sucesso.

Fonte: Singer

2 comentários:

  1. Ola!
    Faço parte do Blogueiras Unidas e vim aqui te visitar...
    Meu numero é o 908. Seu blog está muito lindoo!!
    Já estou te seguindo...
    TEM UM SUPER SORTEIO DE PASCOA ROLANDO LÁ NO MEU BLOG! ESTA ESPERANDO O QUE
    PARA IR LÁ? rsrs

    Passa lá e participa tb?? SERÃO 5 GANHADORAS!
    http://www.lucasartedigital.com.br/

    APROVEITE E VISITE MEU BLOG COM AS BLOGUEIRAS UNIDAS http://blogueiraselucas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Adoro pacht é lindo demais, ne
    Beijo!!!

    ResponderExcluir

Olá amiga estou feliz com a sua visita obrigado por comentar.
Bjs
Até a próxima